Pessoa fazendo contabilidade com papéis de calculadora.

Planejamento financeiro em tempos de crise: 7 dicas para assistências técnicas

0 Flares 0 Flares ×

O ano de 2020 não será fácil para as empresas de assistência técnica. As incertezas da pandemia causada pelo novo coronavírus evidenciaram a importância de possuir um bom planejamento financeiro em tempos de crise, para guiar e sustentar as contas durante o período de baixa.

Para uma situação inédita como essa, ficou claro que a sociedade não estava preparada, e nenhum plano de negócios para loja de informática poderia prever esse tipo de desafio. Mesmo assim, é possível adotar ações emergenciais para amenizar os impactos, além de se preparar para possíveis imprevistos no futuro.

Neste post, você encontrará dicas sobre como pensar as finanças em épocas como esta, do fornecimento de peças até o atendimento aos clientes. Continue a leitura e confira!

1. Enxugue as contas fixas

Uma das primeiras ações para manter a saúde financeira da assistência técnica é revisar todas as contas fixas, buscando pontos que possam ser cortados do orçamento sem que a operação seja prejudicada.

O objetivo desta ação é manter o caixa saudável, com capital de giro suficiente para fechar os próximos meses sem a necessidade de assumir dívidas. Converse com a equipe e comunique a posição da empresa, escutando as opiniões de todos para entrar em um consenso.

Itens de escritório, equipamentos eletrônicos e até mesmo o plano de internet podem ser revistos nesta etapa. Procure diminuir o seu breakeven – ponto de equilíbrio – para um estado que gaste menos recursos.

Pilha de papéis e documentos.
Contas fixas podem facilmente se acumular e pesar no balanço mensal da assistência técnica.

2. Dê ênfase aos produtos e serviços com margem de lucro

Todos os negócios de informática possuem alguns serviços que se destacam dos demais, seja pela rentabilidade ou pela recorrência. Eles podem ser um reparo de carcaça de notebook, uma troca de tela ou uma substituição de pasta térmica do processador, por exemplo.

Por outro lado, alguns produtos existem apenas para compor uma lista de ofertas essenciais do nicho, sem necessariamente possuir bons retornos financeiros. Um catálogo de vendas de periféricos, como mouses e teclados, é um ótimo exemplo dessa prática. 

Em momentos de crise, é importante perceber quais produtos não contribuem com margens de lucro significativas, e diminuir seu estoque na loja, deixando para oferecê-los como complementos no modelo cross-sell ou up-sell. Dessa forma, a empresa reduz seus custos de fornecimento sem prejudicar muito a receita.

Como estratégia complementar, é preciso dar uma ênfase ainda maior aos serviços mais rentáveis, realocando os esforços da equipe para gerar mais valor para os clientes, intensificando o potencial de fidelização.

Com um leque menor de opções, cabe a esses produtos a missão de garantir o fluxo de caixa e o controle financeiro do mês.

3. Inove nos modelos de trabalho

O modelo home office está sendo discutido por muitas empresas no momento, como uma forma de manter as atividades funcionando sem aglomerações.

Por mais que as assistências técnicas precisem manipular os equipamentos dos clientes, é possível aplicar o trabalho remoto com pequenas modificações.

Para o atendimento, o e-mail, o telefone (que pode redirecionar ligações para a loja física) e o WhatsApp são ferramentas que suprem bem as necessidades de comunicação. Os reparos, por outro lado, vão exigir uma logística mais afinada.

Banner para a página de download do infográfico sobre atendimento remoto da ELGScreen.

Primeiramente, verifique a disponibilidade dos técnicos para realizar os serviços diretamente de suas casas. Forneça todas as ferramentas necessárias e equipamentos de segurança.

Então, crie um sistema para buscar os aparelhos dos clientes e encaminhá-los até os técnicos. 

Uma alternativa pode ser continuar a receber os consumidores na assistência, apenas para deixar/buscar produtos e depois de já ter acordado o orçamento; em seguida, pedir para que a equipe retire os itens, leve para casa, realize os reparos e traga de volta – sempre mantendo os protocolos de higienização para impedir a propagação do vírus.

Para o contato entre a equipe, existem várias opções de software para mensagens e chamadas de vídeo. Planilhas eletrônicas são alternativas de baixo custo para manter o controle sobre os serviços, entradas e saídas, responsáveis e prazos com clientes. 

Confira algumas opções:

Banner para a página de download da planilha de acompanhamento de serviços e cadastro de clientes.

4. Renegocie com fornecedores

Em momentos de crise, o contato com fornecedores de peças e acessórios de informática se torna essencial. Fortalecer essas relações traz mais segurança para o negócio e pode resultar em melhores condições comerciais no futuro.

Negocie prazos, formas de pagamento e volumes de pedidos, buscando sempre o fôlego nas contas, mas entendendo que os fornecedores também estão em uma situação complicada em épocas como essa.

No segmento de tecnologia, um cuidado extra se faz necessário com relação ao fornecimento de equipamentos. Como muitas peças são fabricadas na China, é preciso tomar cuidado com a falta de estoque provocada pela parada que o país teve nos últimos meses, enquanto combatia a propagação do vírus em seu território.

Portanto, o equilíbrio é fundamental, assim como conhecer bem o mercado e as suas regras de negócio. Afinal, um dos pontos que a pandemia tem evidenciado é a forte dependência entre países em uma economia globalizada.

Banner para página de parcerias com revendedores

5. Fortaleça o relacionamento com os clientes

Toda empresa possui clientes diferenciados, que costumam comprar com frequência e demonstram interesse em saber sobre quais serviços estão em alta no momento. Esses perfis são essenciais para um bom planejamento financeiro empresarial.

Uma alternativa para estreitar o relacionamento com consumidores fidelizados é oferecer vouchers de crédito na loja, que poderão ser trocados por serviços e produtos no futuro, com descontos exclusivos para quem adquiriu antes.

Essa é uma forma de gerar caixa para a assistência técnica, com base na confiança dos clientes que já possuem um relacionamento próximo.

Banner para o e-book "Como atrair clientes para sua assistência técnica".

6. Pause investimentos não essenciais

Frases prontas sobre como “empresas precisam investir se quiserem crescer” devem ser deixadas de lado em tempos de crise. O foco precisa estar na manutenção da saúde financeira, no pagamento das contas e em honrar os compromissos com os funcionários.

Seguindo essa direção, os investimentos em infraestrutura e expansão podem ser interrompidos, com planos de retomada para depois que a crise passar e a empresa recuperar o fôlego financeiro.

7. Busque parcerias ao invés de concorrentes

O relacionamento em empresas concorrentes pode ser diferente em tempos como esse. Ao invés da competição, as parcerias são formas de união que aumentam as chances de sair de momentos de crise com o mínimo impacto negativo.

Por exemplo, se outra assistência técnica é especializada em um tipo de serviço que você não costuma oferecer, e vice-versa, existe aí uma oportunidade para indicação mútua, com base nos clientes de cada uma.

Além de atrair mais pessoas, um acordo de comissionamento pode ser firmado para os serviços fechados com clientes vindos da empresa concorrente – que agora é uma loja parceira.

O planejamento financeiro em tempos de crise envolve uma série de medidas diferentes, a fim de fortalecer o caixa da empresa e evitar dívidas ou outros problemas de liquidez. Cada negócio possui uma realidade diferente, e as medidas sugeridas precisam ser avaliadas e calibradas para cada situação.

O blog da ELGScreen vem produzindo uma série de materiais gratuitos para auxiliar a gestão de empresas de assistência técnica, de e-books informativos a planilhas de organização de serviços. Acesse a página com todos os materiais, clicando no banner abaixo!

Banner para a página de materiais gratuitos do blog da ELGScreen.
0 Flares Facebook 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×

ELGSCREEN

A ELGScreen é uma loja online, presente no mercado desde 2008, especializada na venda de telas para notebook, com diversas opções de modelos. O e-commerce possui ainda teclados, baterias, fontes e outras peças para notebook. A ELGScreen oferece condições especiais de preço e pagamento para revendedores. Confira nossas condições especiais acessando elgscreen.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *