notebook demora para ligar

Notebook demora para ligar: causas e soluções

0 Flares 0 Flares ×
Banner para a página de download do infográfico sobre atendimento remoto da ELGScreen.

Se o seu notebook demora para ligar, você sabe o quão irritante isso pode ser. Depois de um tempo de uso, é comum que a agilidade e performance comecem a diminuir, mas nem todos os casos estão relacionados com a idade do PC.

Entre os fatores por trás da lentidão, estão o excesso de programas na inicialização, arquivos corrompidos, entre outros problemas com a refrigeração dos componentes do notebook.

Felizmente, é possível aplicar algumas soluções simples para resolver boa parte das situações. Continue a leitura e confira!

Muitos programas com inicialização automática

Diversos softwares colocam como opção padrão sua execução assim que o computador for iniciado. Isso é prático, principalmente ao falarmos de programas que usamos todas as vezes que ligamos o computador, como antivírus, aplicativos de mensagens e gerenciadores de arquivos na nuvem.

Porém, essas mudanças na inicialização automática exigem mais do computador. Além de causar lentidão, o notebook pode travar antes mesmo de iniciar completamente.

O que fazer?

Para resolver esse problema, abra o Gerenciador de Tarefas (Ctrl + Shift + Esc) e clique na aba Inicializar. Verifique quais softwares estão habilitados e também qual seu impacto na inicialização.

Janela do Gerenciador de Tarefas do Windows.
A aba Inicializar mostra quais programas têm mais impacto na inicialização do sistema.

Por fim, desabilite todos os programas que não forem essenciais para a sua rotina de uso e faça testes para analisar as mudanças. 

Banner para a página de download da planilha de acompanhamento de serviços e cadastro de clientes.

Arquivos corrompidos

O Windows não é um sistema operacional perfeito. Seu funcionamento depende de um bom relacionamento entre o software e as peças de hardware instaladas, que recebem e executam milhões de instruções em frações de segundo.

Nesse contexto, surgem os arquivos corrompidos, que podem ser resultado de uma gravação problemática ou algum imprevisto durante a transferência de informações – por exemplo, quando copiamos um vídeo de uma pasta para outra e, no meio do processo, uma queda de energia desliga o computador.

Os tipos mais sujeitos à corrupção são: documentos do Word, planilhas do Excel e arquivos compactados. O problema pode ser parcial ou completo, atrapalhando a leitura dessas informações.

De todo modo, o mais importante é entender que arquivos corrompidos podem exigir mais do computador durante a inicialização do sistema, fazendo com que o notebook demore mais para ligar. 

O que fazer?

Para verificar se esse é o problema, use o atalho Win + R para abrir a janela Executar. Digite cmd.exe e pressione Ctrl + Shift + Enter para abrir o Prompt de Comando como administrador.

Janela Executar do Windows.
Comando para abrir o Prompt de Comando do Windows.

Dentro do Prompt de Comando, digite sfc /scannow. O computador buscará por arquivos do sistema que estejam corrompidos e tentará substituí-los por cópias funcionais. A busca pode levar um bom tempo, então é necessário ter paciência.

Disco fragmentado

Conforme um computador vai sendo utilizado, o sistema operacional altera, salva e exclui diversos arquivos e programas. Com o passar do tempo, essas alterações – que são salvas em lugares diferentes – podem deixar seu computador mais lento. Esse processo é a fragmentação do disco

É importante notar que isso só ocorre em notebooks que usam discos rígidos, ficando isentos os que utilizam SSDs, por utilizarem outra tecnologia de armazenamento.

O que fazer?

Felizmente, o próprio Windows oferece uma ferramenta de desfragmentação de discos rígidos. Ela vai percorrer todos os lugares e realocar os arquivos para que fiquem próximos e otimizados, diminuindo o tempo de espera quando o sistema precisar acessá-los.

Para fazer a desfragmentação, acesse o local Este Computador, clique com o botão direito no ícone do disco rígido que quiser analisar e selecione Propriedades.

Então, na aba Ferramentas, encontre a seção Otimizar e desfragmentar unidade e clique em Otimizar.

Janela de Propriedades de Disco Local (C:).
Opção de otimização da unidade de disco.

Notebooks com sistemas operacionais mais modernos contam ainda com uma opção de otimização agendada, que é, por padrão, realizada semanalmente. Mesmo assim, você pode solicitar a análise do disco e desfragmentar manualmente, sempre que necessário.

Banner para o e-book "Como atrair clientes para sua assistência técnica".

Atualizações do Windows

Não é de hoje que os updates do sistema operacional da Microsoft são motivo de polêmica entre os usuários, com algumas atualizações trazendo mais problemas que soluções em seu lançamento.

Juntando essa característica com o costume do Windows de deixar as atualizações em modo automático, obtemos uma receita para possíveis problemas de inicialização. Felizmente, é simples retornar ao estado anterior ao update.

O que fazer?

Se o problema foi causado por alguma atualização, uma solução rápida é utilizar a ferramenta de Restauração do sistema.

Acessando o menu de Configurações (⊞ Win + I), clique em Atualização e Segurança. Na barra lateral esquerda, selecione a opção Recuperação.

Janela de configurações de Recuperação do Windows 10.
Janela de configurações de Recuperação do Windows 10.

Em Restaurar o PC, siga as instruções para voltar o Windows a um estado anterior à atualização do sistema.

Disco rígido com problemas

Caso o problema não esteja relacionado com o software, pode ser que a causa da demora para ligar seja um erro de hardware. É fato que os discos rígidos (HDs comuns) são mais suscetíveis a falhas, uma vez que seu funcionamento depende da rotação do componente – discos de ferro girando a altíssimas velocidades. 

O que fazer?

Para testar a saúde do seu disco rígido, você pode usar programas como CrystalDiskInfo ou Hard Disk Sentinel. Eles fazem a checagem de todo o disco e avaliam se o hardware está em pleno funcionamento.

A cura trazida pelos SSDs

Para finalizar, vamos falar mais uma vez sobre as vantagens de instalar o Windows em um SSD. A tecnologia de armazenamento trabalha com velocidades de leitura e escrita que são substancialmente mais rápidas que os HDs tradicionais, o que influencia também no tempo de espera da inicialização do sistema.

Para comparar, confira este vídeo do canal KrzychEMC com dois PCs idênticos inicializando o Windows – um com SSD e outro com HD:

Além de ser uma tecnologia que está ficando mais barata e compatível com a maior parte dos notebooks – para upgrades –, os SSDs oferecem uma solução permanente para a maioria dos problemas de lentidão, fazendo com que o aparelho ligue com mais agilidade e acelerando a navegação dentro do sistema e a chamada de programas.

Banner para página de parcerias com revendedores

Essa alternativa para as unidades de armazenamento possui diversos tipos, formatos e velocidades e vem sendo a escolha da grande maioria das fabricantes de notebooks em suas configurações mais robustas. 

Portanto, se estiver procurando uma solução mais permanente para um notebook que demora para ligar, substituir o disco rígido pode ser a opção mais eficiente, se o orçamento permitir.

E para quem trabalha como técnico de informática, sugerir esse tipo de upgrade pode ser um diferencial na satisfação dos clientes, que vão perceber uma diferença de performance significativa e uma inicialização rápida.

A ELGScreen trabalha com diversos modelos de SSD, que você pode conferir no banner abaixo!

Banner para a página de SSDs da ELGScreen.


0 Flares Facebook 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×

ELGSCREEN

A ELGScreen é uma loja online, presente no mercado desde 2008, especializada na venda de telas para notebook, com diversas opções de modelos. O e-commerce possui ainda teclados, baterias, fontes e outras peças para notebook. A ELGScreen oferece condições especiais de preço e pagamento para revendedores. Confira nossas condições especiais acessando elgscreen.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *